Opções multimédia

Vocês Sabem Lá
Original:

Nóbrega e Sousa

Letra:

Jerónimo Bragança

Arranjos:

Joana Afonso

Data de estreia:


Vocês sabem lá
a saudade de alguém que está perto
é mais, é pior
do que a sede que dá no deserto
é chama que a vida ateia sem dó
na alma da gente, ao sentir que vive só

Vocês sabem lá
que tormento é viver sem esperança
e ter coração
coração que não dorme nem cansa
Não há maior dor nem viver mais cruel
que sentir o amargo do fel
em vez de mel,
vocês sabem lá

Voltar