Opções multimédia

Balada de Inverno
Original:

Sandra Ferreira

Letra:

Sandra Ferreira

Arranjos:

TFIST

Data de estreia:

---


Tantos rostos na rua
Para nenhum quero olhar
Tantos mas não o teu
Aquele com quem queria estar

Mas quando a dor muito aperta
Sinto o coração a morrer
O que outrora era paixão
Tristeza passou a ser

Foi num inverno fatal
Dia em que nem o sol nasceu
Para assim marcar
A hora em que morreu

Se um dia possível fosse
No tempo atrás andar
Não sei que de mim seria
Se p'ra ti tentasse voltar

Por muito grande que seja
A angústia de te perder
A dor de ver tudo acabar
Já sinto por não te ter


Voltar